Menu

Linhas Estratégicas:

Com vista a desenvolver a área estratégica da prestação de Serviços à Comunidade, foi elaborado um plano de atividades definindo 5 linhas:

Linha 1- Prestação de serviços ao exterior


Esta Linha estratégica tem uma importante componente de expansão e de desenvolvimento, nomeadamente, na colaboração interinstitucional e na prestação de serviços ao exterior. 

Linha 2- Componente pedagógica através da colaboração interinstitucional


A adoção, pela ESSNorteCVP, de um modelo educativo apoiado na aquisição de competências específicas de enfermagem e competências transversais do estudante de Ensino Superior, integra um processo evolutivo de mudança a diversos níveis. A mudança de paradigma de um ensino baseado na transmissão de conhecimentos, para um ensino em que o estudante passa a desempenhar o papel central e ativo na aquisição e desenvolvimento de competências, implica a definição de linhas de orientação e áreas prioritárias no sentido da melhoria sustentada da qualidade do ensino e aprendizagem.

Uma das estratégias para que o estudante passe a desempenhar o papel central e ativo na aquisição e desenvolvimento de competências passa por realizar atividade na comunidade que são enquadradas no âmbito das unidades curriculares ou extra curriculares:

-Formação em Saúde;
-Promoção para a Saúde;
-Comunicação/Informação em Saúde.

Linha 3- Integração em projetos e parcerias nacionais


Segundo definição de alguns autores o termo “projeto” surge como meta unificadora de uma vasta gama de conceitos especialmente importantes no processo de aprendizagem, tendo como denominador comum: a ação realizada com envolvimento pessoal; a intencionalidade dessa ação e a sua inserção num contexto social. 

Projetos em desenvolvimento:

-Uma Voz por Um Sorriso;
-iFone 112;
-Vivências com (Qual) Idade;
-Par-a-Par com a Saúde;
-Enfermeiro na Cerci;
-Promoção da Saúde Mental nas pessoas idosas com deficiência mental;
-Violência no namoro;
-Bullying;
-Stress nos estudantes de Enfermagem. 

Linha 4- Ação cultural, desportiva e artística no exterior


As atividades desportivas e lúdicas constituem não só uma forma de ocupação dos tempos livres, como contribui ativamente para a formação complementar e bem estar do estudante. Já existem algumas ações relativas à prática do exercício físico, ao lazer e à cultura direcionadas para os estudantes, dentro ou fora da Escola.

Compete ao GPSC promover, apoiar e incentivar projetos e atividades de índole cultural, desportiva e artística e cívica.

-Rapazinhos Tuna;
-K´Rica Tuna;
-Equipa de Futsal;
-Grupo de Voluntariado.

Linha 5- Contributo para o seu desenvolvimento regional e nacional, adequação a missão institucional


A ESSNorteCVP como instituição de Ensino Superior tem no âmbito da missão a prestação de serviços à comunidade e de apoio ao desenvolvimento. Integra na sua visão a solidariedade social e voluntariado no apoio à comunidade onde se insere, aspetos que se cruzam com a sua Responsabilidade Social.

-Uma Voz por um Sorriso;
-iFone 112;
-Vivências com Qualidade;
-Cooperação Institucional.