Menu

Mensagem do Provedor do Estudante

Estimadas (os) Estudantes,

Vivemos um momento inesperado dentro do desconhecido COVID-19. Vivemos um tempo paradoxal que, por um lado, apresenta-nos dificuldades de encontro social e, por outro, oportunidades de reencontro pessoal. Confinados ao isolamento compreendemos agora, talvez melhor, o que significa viver e ser uma comunidade, seja académica ou social.

  1. A nossa vida não depende apenas dos direitos, mas de deveres que todos temos perante todos os outros. Todos experimentamos a interdependência como reconhecimento pelo respeito de solidariedade e da dignidade humana, porque todos contam como um e ninguém como mais um.
  2. O Provedor do Estudante estimula-vos positivamente que façais a parte que vos corresponde. Todos, e cada um de vós, contam. Os cuidados individuais que vos são (que nos são) solicitados são a expressão não apenas do próprio interesse, mas de um interesse mais amplo, que é o interesse pelo bem comum. Esta é a vossa (e nossa) hora em que podeis, de facto, marcar a diferença e (re)aprender, (re)viver e (re)fazer tantas coisas.
  3. Podeis reaprender a usar as redes sociais não apenas como divertimento e de fuga ao mundo, mas como avenidas de presença efetiva e afetiva de ajuda e de escuta; podeis reviver o vosso interior - se tu te tocares no interior de ti mesmo (se todos nos tocarmos interiormente), compreendeis melhor as vossas debilidades e virtualidades; podeis reaprender e reviver o valor da saudação e a força invencível e invisível do cumprimento; poder refazer o modo como prestais a atenção “cuidado” que deveis ter por vós, por nós e por todos.
  4. O Provedor do Estudante manifesta a sua disponibilidade e sua presença ativa para convosco continuar a “lutar” contra este ainda desconhecido COVID-19, para vos escutar e não apenas ouvir; para vos ajudar neste “tempo de invernia”, mas no qual também desabrocham “ramos de flor da amendoeira” (a esperança).

 

O Provedor do Estudante,

Carlos Costa Gomes

 


 

De acordo com o número 1 do Artigo 39.º dos Estatutos da Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa (ESSNorteCVP) e, por decisão e nomeação do Conselho de Direção, assumi a função de Provedor de Estudante.

Perante a comunidade académica da ESSNorteCVP, agradeço a confiança agora depositada e assumo o compromisso de promover e propugnar pela salvaguarda dos direitos dos estudantes, com o espírito de transparência, equanimidade, imparcialidade e colaboração institucional que o cargo exige. A ação do Provedor é sempre orientada, para os estudantes e inscreve-se, naturalmente, na promoção da excelência académica e num ambiente diferenciador favorável ao crescimento e desenvolvimento dos estudantes – que são a principal preocupação do Provedor.

O Provedor tem como horizonte desempenhar uma provedoria pró-ativa com a inteira disponibilidade para contribuir, participar e defender os direitos e legítimos interesses de todos os estudantes e, ao mesmo tempo, promover um diálogo institucional de complementaridade, sendo de relevância imperiosa a participação ativa dos estudantes neste consertado desiderato de querer sempre o melhor.

Com este propósito, o Provedor estará sempre disponível para ouvir os estudantes, as suas aspirações – reclamações ou queixas, mas também será um “ouvidor” atento de propostas e soluções para a melhoria contínua da Instituição que vos acolhe - e que é vossa - a ESSNorteCVP. 

Provedor do Estudante - Prof. Doutor Carlos Costa Gomes

provedor@essnortecvp.pt

Regulamento do Provedor do Estudante